Planejamento Estratégico

Organização Internacional do Trabalho (OIT)

Desenvolvimento de um plano de comunicação para identificar as estratégias e a linha editorial mais adequadas para o Programa da OIT de Combate ao Trabalho Forçado. O documento apresentou um diagnóstico de como a temática é abordada por organizações similares à OIT, sugeriu uma linha editorial e um curto manual de voz. A pesquisa permitiu ainda definir editorias para a produção das peças a serem veiculadas nas mídias. Além da entrega do plano de comunicação em pdf, a equipe da Forest apresentou oralmente o conteúdo com o apoio de um prezi:

ONF Brasil

Considerando o processo coletivo de tomada de decisões, a Forest produziu um plano de comunicação de fácil acesso para alinhar as informações e expectativas da produção de conteúdo para a ONF Brasil. Em consonância com debates anteriores entre os stakeholders, o documento identificou a necessidade de registro das atividades e da memória das ações desenvolvidas na Fazenda São Nicolau (Cotriguaçu, MT). Como resultado, iniciou-se a produção de notas sobre o dia a dia na fazenda e sobre artigos científicos.

Ministério Público de Mato Grosso (MPE-MT)

O serviço de produção de conteúdo para mídias sociais demandou o planejamento estratégico. Houve a elaboração de um rápido plano de comunicação que resultou no estabelecimento de um manual de voz e de estilo de redação. O registro das informações e estratégias permite que outros profissionais possam assumir posteriormente a mídia social do projeto do MPE-MT. O documentou orientou a adoção de uma abordagem positiva que pudesse envolver os cidadãos no monitoramento das nascentes a partir de missões. O planejamento também sugeriu a criação de personagens.

Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (IPAM)

Pesquisa e planejamento para a produção de uma série de quatro vídeos de 30 segundos sobre o Código Florestal. Inicialmente dois gêneros musicais foram apresentados ao IPAM para a escolha de qual seria mais adequado para a trilha sonora. Para facilitar a decisão, a equipe da Forest realizou uma rápida pesquisa sobre o perfil da audiência desses ritmos e das iniciativas realizadas por outras marcas com o apoio de diferentes cantores. Com os dados disponíveis, o instituto preferiu o feminejo. A Forest foi responsável também por desenvolver um plano de mídia e realizar contatos com emissoras para divulgar as animações e os jingles.

Assessoria de Comunicação

ONF Brasil

reflorestamentoecarbono.com.br

Cliente desde 2013. Apuração e redação de notícias sobre artigos científicos (biodiversidade e sequestro de carbono) e atividades diárias em fazenda de reflorestamento no território Amazônico. Publicação do conteúdo no site e envio de boletim eletrônico para parceiros. Apresentação de relatório de métricas.

Organização Internacional do Trabalho (OIT)

Cliente desde 2014. Plano de Comunicação Estratégica com a produção de peças específicas para as mídias sociais, como webcards e infográficos. Entrevistas com trabalhadores vulneráveis e resgatados da escravidão para notícias, um texto foi reeditado pelo site da campanha 50 For Freedom. Para a divulgação de tratado internacional, também foi produzido vídeo com o Wagner Moura.

Assessoria de Imprensa

Organização Internacional do Trabalho (OIT)

Divulgação para a mídia de um projeto de qualificação profissional a partir da humanização do tema. O resultado foi a publicação, na Folha de S. Paulo impressa e online, da história de superação de um trabalhador resgatado.

Para a campanha 50 For Freedom, distribuição de press release para mailing segmentado de jornalistas e influenciadores da área. Contato presencial com setoristas da pauta política na Câmara dos Deputados e no Senado. Recebimento de pedido de entrevista do Jornal Nexo para entrevista com trabalhador egresso da escravidão e encaminhamento à OIT.

Articulación Regional Amazónica (ARA)

Agregação do conteúdo das organizações da Região Pan-amazônica em uma única plataforma. Ações para promover a visibilidade do estudo “Futuro Climático da Amazônia”, do pesquisador Antonio Donato Nobre, que virou pauta da Folha de S. Paulo e do Fantástico (TV Globo).